Páginas

terça-feira, 29 de maio de 2012

Ver a Vida com os Olhos de Deus!

Hoje pensei em fala de suicidio, mas lembre do meu amodado Santo Dom Bosco que dizia para que a gente deixe de fala da feiura do pecado e acostuma a fala da beleza da virtude. E é exatamente isso que vou fazer. Fiquei sabendo a pouco de um jovem muito querido que conheci e que muito admirava pela sua alegria e forma de comunicar. Que chegou a loucura do suicidio. Fiquei me perguntado como alguém como ele tem coragem ou corvardia de fazer algo assim com o presente que Deus deu a gente.
Não e facil responder, afinal esta vida de facil não se tem muita coisa, mas e nossa e Deus pediu para que cuidasemos da melhor maneira. Mas pensando em tudo isso cheguei a conclusão que precisamos aprender a olhar o mundo com os olhos de Deus...Só assim verémos a beleza a onde só ele e capaz de ver e conseguiremos notas a vida como só o Divino foi e é capaz. Precisamos nota na historia tantas pessoas que sobreram viver assim, e ai esta a diferencia destas pessoas para nós elas vieram com os olhos de Deus e foram capaz de ser feliz e fazer feliz as pessoas a sua volta. Só com este olhar sou capaz de amar verdadeiramente alguém e dela cuida. Vejamos uma bela reflexão sobre o assunto.
Samuel, um dos mais respeitados líderes da história do povo de Israel, recebeu um comando especifico de Deus: ungir um rei para Israel que substituísse a Saul. Com este propósito foi a Belém, à casa de Jessé, para, dentre os seus filhos, consagrar um novo rei a Israel.
Na casa de Jessé, ao colocar os olhos em Eliabe, ficou impressionado com sua aparência e seu porte físico e logo pensou: “Certamente está diante de mim o rei de Israel”, 1Sm 16: 6. Naquele exato momento Deus lhe advertiu: “O Senhor não vê como vê o homem”.
Séculos se passaram desde a experiência vivida pelo profeta Samuel em Belém de Judá. No entanto, esta mesma verdade continua ecoando nos dias de hoje: Deus não vê como vê o homem.
Por desejar ungir um rei a Israel, vendo apenas com seus olhos humanos, Samuel foi advertido. Apesar das melhores intenções, o olhar humano é sempre superficial, aparente ou imediatista. A forma como Deus vê é diferente da visão humana. A visão de Deus é muito mais abrangente. Podemos afirmar que:


 A visão de Deus é sempre otimista
Isto significa que Deus vê sempre o que há de melhor e sempre de forma positiva. Muitas pessoas, e mesmo entre os cristãos nascidos de novo, se sentem incapacitadas, intimidadas, não conseguem ser felizes e vencedoras. Quais seriam as razões?
- Uma das razões é o fato de termos uma visão errada de nós mesmos: temos a facilidade de ver nossos defeitos, falhas e fracassos, que se AGIGANTAM dentro de nós e nos intimidam, roubando-nos as oportunidades de uma vida harmoniosa, feliz e vitoriosa.
- Outra razão é o fato de termos uma visão errada dos outros. Como veríamos Gideão estremecido de medo dos midianitas? Um covarde? Um moleirão? Alguém sem honra e credibilidade? No entanto, Deus viu nele um homem valente, Jz 6: 12.
Como olharíamos o Moisés desterrado, fracassado, sem perspectiva alguma de futuro, habitando de favores na casa de seu sogro Jetro? Deus contemplou naquele homem atrás do rebanho do sogro, o grande libertador para Seu povo Israel.
A verdade é que nem Gideão, nem mesmo Moisés se achavam capazes de tais façanhas. Eram tímidos, pois tinham uma visão distorcida de si mesmos.
Em fatos como esses, encontramos a grande diferença entre o homem e Deus. O homem vê a fraqueza; Deus vê a potencialidade. Deus chama os tímidos, os rejeitados, os esquecidos e os faz valentes e vencedores.

 A visão de Deus vai além das aparências
Vamos considerar o que os homens costumam ver e a valorizar: os dons, a beleza exterior, o nível social, a cultura, a formação familiar, a capacidade intelectual, os dotes físicos e uma porção de outros elementos que têm seu valor, mas aos olhos de Deus são superficiais.
Ficamos presos às aparências, vemos apenas o rótulo e não o conteúdo. Lembra-se de Samuel? Valorizamos demais o que é superficial e visível apenas aos olhos. Deus vê as motivações do coração.
Por esta razão somos facilmente enganados. Valorizamos e desvalorizamos, acreditamos e deixamos de acreditar, julgamos e somos julgados somente pelas aparências. E, como diz o ditado popular: as aparências enganam. Por isto é rejeitado o pequeno, o fraco, o pobre, o sem estudos, o que não é belo e assim tais pessoas são intimidadas e chegam a ser condenadas a uma vida sem chances, sem horizontes e sem oportunidades.
Certamente Jessé nunca traria Davi à presença do profeta Samuel. Aos olhos de seu pai, Davi não era importante. Isto acontece porque só olhamos o que está diante de nossos olhos. Ver com os olhos de Deus é ver além do que enxergamos, é ver além das aparências.


 A visão de Deus revela o futuro
Deus olha para você sabendo quem você será amanhã. Isto é muito gratificante.
Eliabe foi rejeitado por Deus apesar de sua aparência, formosura e porte atlético. 1Samuel 17: 13 e 24 registra que os três filhos mais velhos de Jessé tinham seguido Saul à guerra: Eliabe, Abinadabe e Samá. E que, juntamente com todos os outros homens de Saul, fugiram ao ser desafiados pelo filisteu Golias. Porventura poderia algum destes ser o rei de Israel?
Quem diria que o medroso Gideão se tornaria no grande general que libertaria Israel dos midianitas? Que o tímido Moisés seria o grande libertador de seu povo? Que o jovem e esquecido pastor de ovelhas Davi venceria o gigante e seria o ungido rei de Israel? O que podemos dizer a respeito de sua vida? Da minha vida?

            Pensando na forma de ver de Deus,

            sugiro a você algumas orientações:
1. Nunca subestime o que Deus pode fazer em sua vida. Ao se escusar, Moisés não poderia mensurar o que Deus havia preparado para realizar através dele.
2. Não subestime o que Deus pode fazer na vida das pessoas. Os irmãos de José e seu próprio pai se enganaram ao subestimar os sonhos que Deus havia colocado em seu coração.
3. Creia que a ação Deus na sua vida vai surpreender a muitos. Considere os casos citados de Davi, Gideão, Moisés e José.
4. Entenda que Deus escolhe pessoas para fazê-las grandes em Suas mãos. Deus pode escolher você exatamente por não ser nada aos olhos dos homens. Deus pode escolher você porque ninguém jamais o escolheu.  Lembra-se de Davi?
 Concluindo. Agora que você já sabe como é que Deus vê, lance fora de sua vida toda frustração, todos os fracassos e toda timidez. Liberte-se do medo, olhe para Deus e viva como um vencedor. Olhe para as pessoas e comece a enxergá-las de uma maneira melhor. Tome a decisão de, a partir de hoje, ver primeiramente como Deus vê, e os resultados serão surpreendentes.
Que este jovem que tanto ame e amo que já esta nos braços de Deus perceba o quanto e bom viver. E interceda por tantos jovens que como ele esta aqui na terra a descobri o verdadeiro caminho da felicidade.
 

2 comentários:

  1. Oi Thati, parabéns pela linda postagem.
    Meu blog está sorteado um livro da escritora Gisela Borges, passe por lá para participar.
    Beijos, ótima semana

    ResponderExcluir
  2. Olá vim visitar seu blog! Achei lindo! Estou seguindo seu blog e convido você a conhecer o meu.
    Ficarei feliz se quiser seguir o meu blog também!
    Meu blog é esse: http://amorporamigurumis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir